Centro Ciência Viva do Algarve (Faro)



Ver Programa NEI
Faro, 24 de setembro
...

...

...

O apalpário, tanque onde se podem tocar espécies típicas da costa algarvia e da Ria Formosa, é uma das principais atracções deste Centro Ciência Viva, cuja exposição principal é dedicada ao mar.

Situado no centro da cidade de Faro, num edifício centenário originalmente construído para albergar a primeira central eléctrica do Algarve, foi o primeiro centro interactivo da Rede Nacional de Centros Ciência Viva a abrir as portas, em 1997. Parte da área expositiva é ocupada por aquários e salas dedicadas à física e à química da luz, ao cérebro e aos sentidos. A ciência também sai fora de portas e ocupa um jardim com módulos sobre energia, uma estufa tecnológica e uma açoteia com uma vista magnífica para a Ria Formosa que permite a observação de aves limícolas. Festas de aniversário, palestras, oficinas, saídas de campo e sessões de astronomia também fazem parte da programação.




Este projeto recebeu financiamento da União Europeia através Programa de Investigação e Inovação Horizonte 2020, Marie Sklodowska-Curie, GA 101036079.